Da janela do avião…

… eu posso ver uma imensidão azul e branca!

Quando o tema “céu” foi escolhido para o Lente Criativa do mês cinco, pensei “hmmm, acho que não vou participar dessa vez” porque usei o mesmo tema para ilustrar meu Mês a Mês de abril. Mas, sabe, tudo é uma questão de ponto de vista.

Assim que minha viagem para São Luís foi confirmada, vi que conseguiria mostrar o céu de um ângulo completamente diferente daquele que tinha explorado no mês passado, então percebi que, sim, eu poderia participar do Lente Criativa de maio sem ficar com esse ar de repetição!




Gosto de ver como as nuvens podem dar um novo ar à paisagem e das sensações que elas são capazes de transmitir. Quando olhei pro lado e vi o que está retratado na quarta foto, a primeira coisa que me veio à mente é que eu estava chegando no Pólo Norte e não no nordeste do nosso Brasil, por exemplo. Também gosto quando o avião atravessa esses algodões flutuantes e tudo fica branco, praticamente embaçado. Acho tão bonito ❤

Mas, sim, fico feliz por ter conseguido postar minha contribuição para o projeto (aos 45 do segundo tempo, veja bem!). Agora deixo aqui os links de outros blogs que também participaram!

Tatsiology, Pensamentos valem ouro e Momentos de lucidez.

Lente Criativa: Sentidos

Semana passada foi insana. Muitas coisas aconteceram e algumas, inclusive, vão virar posts por aqui. Mas meu objetivo hoje não é falar sobre os meus planos futuros. Nah. Hoje eu quero fazer duas coisas aqui no PD,N!: a primeira é explicar que, devido ao turbilhão de acontecimentos da semana anterior, eu não tive tempo e nem cabeça para me dedicar à letra F do ABC Fotográfico, que deveria ter ido ao ar ontem. Assim, tá mais do que decidido que nos próximos dias pensarei nessas fotos e farei esses clicks.

A segunda é lembrar que o ABC não é o único projeto fotográfico que tá em falta no meu cantinho. No mês passado ingressei no Lente Criativa e o ideal é que postemos as fotos referente ao tema escolhido até o dia 15. Nem preciso dizer que estou cinco dias atrasada, né? Então hoje é exatamente isso o que eu vou fazer: publicar as fotos que preparei para o mês de abril (começando a semana bem, YAY!).

Uma enquete foi criada e o tema mais votado para o mês quatro foi “Sentidos”. Pensei, pensei, pensei e pensei mais um pouco. Por que não retratar aquilo que os meus olhos enxergam e que me fazem ver sentido na vida? Pensado e realizado.

Estou encontrando um novo sentido nas coisas com a fotografia.

Mas foi a leitura que trabalhou a percepção do meu sentido, graças às descrições.

Parar um pouco para observar a paisagem que a minha janela mostra.

É bom estar descansada. Ajuda a ver sentido nas coisas, sabe? Então: cama, minha querida cama ❤

Agora outros clicks do Lente Criativa!

Coffee, Rock & Beer, Sobre Caracóis, A Menina da Bolha, Asas de Algodão.

Partes de mim

Foi no Leite com Biscoitos que vi o “Lente Criativa” sendo colocado em prática. Trata-se de um projeto fotográfico que tem como propósito aquilo que eu estou tentando desenvolver: a arte de fotografar usando e abusando da criatividade, além, claro, de fazer isso com amor. Todo mês um tema é escolhido  e os membros devem trabalhá-lo da forma que bem entender em até dez fotografias.

Dúvidas de que ingressei em mais um projeto?! É, pois é. Acontece.

O primeiro tema que peguei foi esse que dá nome ao post: partes de mim. Simples e pode ser interpretado de tantas maneiras que, nossa!, fiquei até zonza enquanto pensava nas fotos. O rumo que eu escolhi segue abaixo:

O que seria de mim sem os meus óculos? Uma pessoa com a visão ainda mais embaçada, com certeza. Preciso usá-los durante todo o tempo, então eles praticamente se tornaram mais um membro do meu corpo e, mesmo surradinhos, cumprem muito bem o seu papel de me fazer enxergar tudo com mais nitidez.

Eu poderia fotografar os perfumes que uso hoje, mas, por mais que eles tenham uma fragrância deliciosa, não considero nenhum como o “meu cheiro”. Não como esse aí da foto, pelo menos. Fico me perguntando por que eu me apaixono justamente pelas edições limitadas.

Meu portal para o mundo. Minha fonte de conversas, músicas, informação, textos que a faculdade pede e ultimamente tem adquirido a função de caderno, também. Além da praticidade do dia-a-dia, é nele que está guardado boa parte da minha vida.

Uma das partes que eu mais tento ignorar. Ele não sabe se é liso, enrolado, crespo ou cacheado e essa indecisão toda me deixa desnorteada.

E o que seria de mim sem as marcas? Algumas já nasceram comigo, outras foram deixadas por infortúnios chamados “catapora” e, claro, tem aquelas que câmera nenhuma será capaz de capturar. Externas ou internas, quem se importa? São minhas e não me desfaço delas nem sob decreto.

***

Outros clicks do Lente Criativa de março:

Leite com Biscoitos (aka, post que me levou ao projeto!), Lovely Utopia, Izabellices, Do Avesso e Cherry Cookie.